terça-feira, 31 de março de 2009

A linha reta é uma mentira.


Não existe linha reta na natureza. Tudo é curvo, como a silhueta das folhas, os galhos das árvores, o pelo dos animais, o contorno das montanhas, o desenho do nosso corpo. A reta é uma ilusão humana, uma tentativa ansiosa de ir direto de um ponto ao outro pelo caminho mais curto. Isso pode funcionar na matemática ou na engenharia, mas na vida comum a retidão é uma grande bobagem. Nosso caminho sobre este planeta (cuja “linha do horizonte”, a propósito, também é curva) é feito de idas e vindas, traçados incertos e tortuosos, longas elipses para se chegar ao destino. Percorrer a via longa e sinuosa, “The Long and Winding Road”, é uma lição de humildade e paciência.

2 comentários:

  1. Ei meu querido...
    Concordo plenamente. e dalá elipses para chegar no destino! hehe

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Pode até existir.
    Mas, ô trem sem graça,
    uma reta...

    ResponderExcluir